Como usar o filme “Onde está Segunda?” na Redação do ENEM

Assistindo ao filme “Onde está segunda?” me deparei com um tema único e muito importante: O Crescimento Populacional.
▪️
A superpopulação já é uma realidade da humanidade desde a década de 70, quando o governo da China (país com maior população mundial) deu início à política do filho único, justificada com a alegação de que, para se oferecer educação e saúde de qualidade, seria necessário diminuir a taxa de natalidade, permitindo-se somente um filho por família, o que resultou em 85 milhões de filhos únicos. A medida teve fim em outubro de 2015, por conta do alto crescimento no índice de idosos, que acarretou um grande pagamento de aposentadorias.
▪️
O filme “Onde está segunda?” inicia-se no ano de 2043, mostrando dados assustadores com relação ao crescimento mundial da população e a medida governamental da chamada “Lei da Alocação Infantil”, implementada pela ativista política e renomada bióloga conservacionista Dra. Nicolette Cayman. Todos os cidadãos são identificados com pulseiras controladas pela agência de alocação, e aqueles que forem identificados como segundos filhos são encaminhados para a hibernação.
▪️
É aí que, com a ajuda de um médico, o avô Terrence Setman, consegue manter consigo suas sete netas gêmeas, nomeando-as com cada dia da semana. Todos os dias, as netas assumem a identidade de sua mãe, Karen Settman que faleceu no parto.
▪️
Karen Settman trabalha num importante banco da Federação Europeia. Secretamente, as sete irmãs fazem um trabalho de equipe para que ela seja promovida a um importante cargo gerencial. Até que esse dia chega, no dia de Segunda desempenhar o papel de Karen. Segunda sai para o trabalho para não mais voltar.
▪️
É importante destacar que o filme deixa a tese do controle populacional fora de qualquer crítica e onde a Ciência assume o posto. Fora da ficção, trazendo à realidade brasileira, a população brasileira cresceu e um dos fatores responsáveis por tais números, foi a redução nos índices de mortalidade. Isso se deve as melhorias nas condições de saúde, nas condições sanitárias e higiênicas, expansão das redes de esgoto e água encanada, e principalmente das campanhas de vacinação. Com isso tivemos também uma redução na taxa da mortalidade infantil, essa taxa considera os óbitos de crianças (a cada mil crianças) com menos de 1 ano de idade. Para a compreensão do crescimento da população mundial é necessário uma análise estatística através de dados demográficos encontrados, por exemplo, em censos demográficos, como os realizados de 10 em 10 anos pelo IBGE.
.
Após esse conjunto de procedimentos, é possível identificar e compreender os padrões de crescimento da população, como por exemplo, à queda da mortalidade e o aumento da expectativa de vida.

🔹
DETALHES
🔹

Nome: Onde está segunda? (What Happened to Monday)
Duração: 02h :04 min
Ano: 2017
Gênero: Ficção Científica
Elenco: Noomi Rapace
Onde assistir: Netflix

EXEMPLO DE REDAÇÃO

Permeada pela desigualdade de gênero, a história brasileira deixa clara a posição inferior imposta a todas as mulheres. Essas, mesmo após a conquista do acesso ao voto, ensino e trabalho – negado por séculos – permanecem vítimas da violência , uma realidade que ceifa vidas e as priva do direito a terem sua integridade física e moral protegida.

O machismo e a misoginia são promovidos pela própria sociedade. Meninas são ensinadas a aceitar a submissão ao posicionamento masculino, ainda que estejam inclusas agressões e violência , do abuso psicológico ao sexual . Os meninos, por sua vez, têm seu caráter construído à medida que absorvem valores patriarcais e abusivos, os quais serão refletidos em suas condutas ulteriores. Um dos conceitos filosóficos de Francis Bacon , que declara o comportamento humano como contagioso, se aplica perfeitamente à situação.

A violência de gênero, conforme permanece a ser reproduzida , torna-se enraizada e frequente. Concomitantemente , a voz das mulheres é silenciada e suas manifestações são reprimidas, o que favorece o mantimento das atitudes misóginas. O ensino veta todo e qualquer tipo de instrução a respeito do feminismo e da igualdade de gênero e contribui com a perpetuação da ignorância e do consequente preconceito. Ademais, os veículos de comunicação pouco abordam a temática , enquanto o Estado colabora com a Lei Maria da Penha , nem sempre eficaz, e com unidades da Delegacia da Mulher, em número insuficiente.

Entende-se , diante do exposto, a real necessidade de ações governamentais que garantam que a lei puna todos os tipos de violência , além da instalação de delegacias específicas em áreas necessitadas. Cabe à sociedade , em parceria com a mídia e com as escolas, instruções sobre igualdade de gênero e campanhas de oposição à violência contra as mulheres. Essas, por fim, devem permanecer unidas, através do feminismo, em busca da garantia de seus direitos básicos e seu bem-estar social .

Close

Publicidade